Diário de bordo – Nova York – 6 dia

Domingo é domingo e bate aquela puta preguiça acho que em qualquer lugar do mundo.. Em Nova York não foi diferente. Esse dia aproveitamos para dormir até mais tarde e sem se preocupar com o relógio. Tiramos esse dia para conhecer toda a área de Chinatown, o bairro chinês de NY.

Mesmo esquema do metrô, sentido South Ferry e descemos na Canal St, a 25 de março nova iorquina.

Dica: o MetroPass é o bilhete único daqui, a passagem custa $2.25, mas se você preferir, você pode pagar $29 e usar ilimitado no metrô e nos ônibus por até 7 dias, foi o que eu fiz.

Na Canal St realmente tem muita coisa barata, mas em sua maioria falsificada. Mas mesmo assim você consegue encontrar produtos originais e com descontos incríveis. Eu mesmo comprei um tênis, estilo All Star, só que um modelo da Levi’s por $19.90. Very cool!

Seguindo pela Canal St, entramos na Lafayette St e paramos na loja OMG Jeans Store, que vende várias marcas famosas como Levi’s, Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Puma, com descontos de até 90%, mas é aquela coisa: tem muita coisa que são “achados” por isso nem sempre vai ter o seu número ou modelo específico por lá. O negócio é perder algumas horas ali e ir garimpando mesmo, que com sorte você encontra boas peças, pagando muito pouco.

De lá pegamos metrô pra irmos sentido Financial District para passarmos o resto da tarde no Pier 17, descemos na Cortlandt St, quando de cara estava a Century 21, que falei neste post aqui, e como estávamos com tempo livre, entramos de novo e claro que lá saímos com mais sacolas.

Como já estava batendo aquela preguiça, pegamos um táxi mesmo até o pier e foi tão rápido que acho que o taxista ficou com raiva da gente..rs

O Pier 17 é o pier mais famoso de Nova York e lá é possível ficar por horas que terá atrações para todo mundo, tem shopping, várias lojas, restaurantes, bares, jet sky para alugar, táxi marítimo que te leva até outro lado, no Brooklyn, enfim.. muitas atracões.

Paramos para almoçar (isso já era 17hrs e estávamos famintos) no restaurante Sequoia que te permite uma vista muito loka, tanto para a Brooklyn Bridge como para a Manhattan Bridge. Ficamos bem no alto, super agradável. A Lu pediu uma massa e para aproveitar o clima marítimo dali, fui de camarão VG empanado com um mix de molhos, muito bom. Recomendo. A média foi de $18 por pessoa.

Depois já estávamos mais cansados ainda depois do almoço que voltamos pro hotel de táxi, além disso tinha começado uma chuva muito forte e metrô sem condições (aham, como se fosse chover lá dentro né?..rs).

A noite íamos visitar o Empire State Buiding e ter uma vista noturna da cidade, nos arrumamos e tudo e quando descemos pra rua, nossa surpresa: a puta chuva brava ainda continuava! Aproveitamos para conhecer o lanche do Shake Shack que ficava do outro lado da rua do nosso hotel.

Shake Shack

De longe, o melhor hambúrguer dos Estados Unidos. Sério. A loja mais “pop” deles fica no Madison Square Park, é aquele que falei em um post de ter que esperar até 2 horas na fila para comer. Até no site deles assim que você entra, ele já faz uma alusão para uma fila gigante! E vale muito a pena. Há aquele ditado que diz que “menos é mais” e concordo quando falamos do Shake Burguer ($4.50). O negócio não é tão grande, mas o suficiente para você curtir junto com as batatas fritas que são feitas no molde do Cheetos de Requeijão sabe? Tipo em “ondinhas”… e você pode pedir a tradicional ou a com queijo (que é muito boa, mas uma porção já é o suficiente para duas pessoas). A água é free, como em todos os restaurantes dos Estados Unidos.

Por fim subimos pro hotel para descansar e ficar no esquema para o sétimo dia. See you!

Comentários

Você pode gostar

2 Comments

  1. 1

    Todos tem sonhos e desejos, mais o seu primo acredito que foi muito bem explorado, e isso valorizou seu sonho. parabéns de verdade !

  2. 2

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios.

Você pode usar estas tags HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>