hospedagem Marcação

Nossa maior preocupação ao incluir Paris na nossa Eurotrip mão de vaca econômica era os valores dos hotéis e a dificuldade de encontrar quartos disponíveis em albergues. Mas queríamos ver a Torre Eiffel, comer um autêntico macaron Ladurée e também dar um "oi" pro Mickey francês e, depois de muita busca, encontramos um apartamento baratinho para ficarmos os 5 dias na capital francesa.

blog-do-xan-franca-paris-apartamento-airbnb

contei aqui no blog como foi nossa experiência com o site Airbnb, quando alugarmos um apartamento em Barcelona. Em Paris não foi diferente. Só que aqui, meu medo maior era a língua. As únicas coisas que sabíamos falar em francês era abajour, croissant e toilet.

Quando estávamos organizando nosso roteiro do Mochilão pela Europa, ficamos em dúvidas se incluiríamos Madrid ou não. Não adianta, é sempre aquela história de querer conhecer tudo mesmo sem tempo, mas queríamos tanto Madrid que era uma sacanagem deixar de fora. Foi então que troquei algumas mensagens com a Patrícia Camargo, do Turomaquia, especialista na Espanha (e arte, leiam o blog dela). Perguntei se seria muito corrido ir de avião de Lisboa até Madrid, passar o dia e já ir de trem para Barcelona no fim do dia,  ela me explicou horários, rotas, o que conhecer e o que dava tempo, por fim me perguntou: "Não dá para dormir uma noite em Madrid?". Realmente seria muito cansativo fazer tudo isso e quase não conhecer a cidade. Foi então que decidimos: vamos dormir em Madrid.

post-blog-do-xan-madrid-espanha-ac-atocha-hotels-1

Depois de Madrid seguiríamos bem cedo de trem para Barcelona, então a primeira coisa que procuramos foi um hotel bom e barato ao lado da estação de trem Atocha, foi quando encontramos o AC Hotel Atocha by Marriott.

Assim que entramos no site do Grand Beach Hotel já nos deparamos com o seguinte slogan "Affordable Luxury" (luxo acessível) e isso traduz realmente o conceito desse hotel 5 estrelas no coração de Miami Beach, na Flórida - EUA.

Quando comecei a programar minha viagem para Miami iniciei a saga por um hotel bacana, barato e que fosse bem localizado, perto de lojas, bares, baladas e se possível um unicórnio disponível como transporte. Não dá para abraçar o "mundo ideal" querendo pagar pouco.

Este foi o hotel escolhido para nossa estadia na cidade portenha, e que escolha! O Hotel Pulitzer Buenos Aires faz parte do grupo espanhol Regina Hotéis que possui unidades em Barcelona, Paris e Amsterdam. Em 2011 lançou sua primeira unidade fora da Europa e a capital portenha foi a escolhida.

O Hotel Pulitzer Buenos Aires é um hotel boutique-design de 4 estrelas e de uma atmosfera incrível, antes de me hospedar eu já tinha lido alguns releases, e até algumas matérias falando da qualidade dos serviços e do atendimento do hotel, por isso fui sem preocupação e com aquele "sentimento" de que coisa boa vem por aí. E eu estava certo.

Tudo neste hotel é simplesmente sensacional! O atendimento - um parêntese aqui para o Guido, um dos recepcionistas que nos ajudou bastante por lá - a comida, os ambientes, e por fim o design e a decoração, responsabilidade do desenhista Lázaro Rosa-Violan, do Contemporain Studio de Barcelona.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.

Follow us on