Burger Table: um chef, um hambúrguer, uma mesa e um veredito: aprovado

As vezes saio de casa pra conhecer restaurantes novos sem se quer ter o endereço ou indicação. Fico de olho em propostas interessantes durante o trajeto entre um compromisso e outro, até me simpatizar com o lugar, entrar, provar e vir aqui avaliar. Numa dessas que conheci o Burger Table, do chef Manuel Coelho.

O AMBIENTE

Logo de cara, antes de ver o menu e conhecer ainda mais sobre o local, já fiquei animado com a proposta do ambiente que tinha apenas uma mesa coletiva bem grande no meio do pequeno salão.

Burger Table - Blog do Xan

As paredes em lousa trás frases inspiradoras, os mandamentos da casa e funciona como painel de divulgação da “campanha do momento”. Nela também está o boi, símbolo da casa, em lâmpadas simpáticas e que reforça a iluminação do local.

burger-table-blog-do-xan-7

Do outro lado ainda tem alguns bistrôs (aquelas mesinhas mais altas) e há mais umas 5 mesas do lado de fora, na varanda do restaurante. Aí você me pergunta: Ué Xan, mas a história de uma mesa só? Hahaha, de fato essa é proposta, que veio da sua primeira unidade no Campo Belo, mas com o sucesso e o espaço otimizado, essa foi talvez a melhor maneira de receber todo mundo.

O HAMBÚRGUER

O menu também é bem enxuto, com apenas 2 opções prontas de lanche na casa: o Burger Table (pão da casa com amêndoas, burger de 180g, queijo prato, cebola caramelizada e rúcula) por R$26,50 e o Burger Table Caprese (que acompanha muzarela de búfala, tomate marinado e pesto  de manjericão) por R$29,50. Fora isso, você pode montar o seu hambúrguer da maneira que você quiser:

burger-table-blog-do-xan-9

Para acompanhar, batatas fritas cortadas fininhas e temperadas com alecrim e alho (delícia demais!), que é opcional por R$9,50 e serve 2 pessoas. Tudo aqui é artesanal, desde os bifes (feito com cortes moídos de costela, acém e patinho), a maionese e até o ketchup. O que ganhou meu coração foi o pão! De fabricação própria, ele é bem sequinho, amanteigado e se assemelha muito ao brioche, mas o toque especial está amêndoa laminada que vem por cima, é sensacional. Você pode pedir o pão sem a amêndoas, mas vai por mim, nem pense nisso.  

burger-table-blog-do-xan-8

Para beber você ainda pode contar com algumas opções de cervejas artesanais e algumas importadas.

PLUS

Tive a sorte de ir no período (julho/16) em que o Clube do Hambúrguer deixou de ser só um insta para virar um burger de verdade! O burger acompanhava queijo Monterey Jack, pão da casa com amêndoas, bacon mega crocante com mascavo, chutney de tomate com pimenta rosa e Jack Daniels e uma maionese polvilhada de torresmo! Sério, sem palavras. Para mim, o título de melhor hambúrguer do mundo ainda está para o Shake Burger, do Shake Shack, mas é seguro afirmar por enquanto que o lanche “Clube do Hambúrguer, do Burger Table” é um dos melhores hambúrgueres que já provei em São Paulo.

burger-table-blog-do-xan-5

Desde o ambiente até o hambúrguer, o Burger Table está mais que aprovado e com certeza alcançou seu espaço lá perto do topo dos meus preferidos. E você? Já conhece o local? Concorda comigo ou teve uma outra experiência? Vamos falar aqui em baixo nos comentários!

SERVIÇO

Burger Table (Unidade Itaim)

Rua Tabapuã, 1.445 | Itaim Bibi, São Paulo | Tel. 11 3168-0121

Preço: R$40-R$50

Horário de Funcionamento:

Segundas a quintas Almoço: das 12h às 15h | Jantar: das 18h30 às 0h

Sextas Almoço: das 12h às 15h30 | Jantar: das 18h30 à 1h

Sábados das 12h à 1h

Domingos e feriados das 12h às 23h

Comentários

Você pode gostar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios.

Você pode usar estas tags HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>